segunda-feira, 26 de abril de 2010

Outono


Eu sinto, todos os dias, o amor de Deus.

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Outono


A fé em mim é tão grande que parece sair pelos meus poros constantemente, uma coisa fantástica que invade meu coração...*

E eu sou feita dessa fé! Além disso, sou os livros que li e os que ainda quero ler. Sou a luz do sol que entra na minha janela todos os dias. Sou as músicas que fazem a trilha da minha vida, aquelas que 'martelam' na minha cabeça. Sou os sorrisos de todos os momentos alegres e aqueles projetos de riso ao se pensar numa felicidade extasiante. Sou todas as lágrimas que já correram pelo meu rosto e aquelas que ainda virão. Sou, sim, as minhas palavras, às vezes, sinceras demais. Sou os passos de dança, as caras e bocas, a insegurança e a imperfeição que me tornam cada dia mais humana... Eu vivo meus sonhos, sou composta deles, os mais lindos que alguém pode sonhar, e eu sou essa força que é tão necessária pra que eles se realizem. E, finalmente, cada dia mais eu entendo que sou feita do amor de Deus, de todos esses sentimentos que permeiam meu coração: Eu sou o amor, o afeto, o carinho, a angústia, a raiva e a estupidez que fazem parte do meu ser. Por fim, eu sou minha vontade constante de ser melhor. Que a generosidade e a humanidade me invadam completamente!


Larissa

domingo, 11 de abril de 2010

Outono


"É preciso coragem pra continuar vivendo..."



(...)Evite as pessoas mal intencionadas. No entanto, se sua presença puder melhorar, sem que com isso sofra sua alma, leve sua virtude mesmo ao antro do vício. Mas faça como o sol, que ilumina e saneia o pântano, sem que seu raio de luz e calor dali se afaste enlameado e fétido. Seja você o espelho vivo de sua fé.

domingo, 4 de abril de 2010

Outono

Que contadição visual uma arma em meio às flores...


Fonte: Folha online