segunda-feira, 19 de abril de 2010

Outono


A fé em mim é tão grande que parece sair pelos meus poros constantemente, uma coisa fantástica que invade meu coração...*

E eu sou feita dessa fé! Além disso, sou os livros que li e os que ainda quero ler. Sou a luz do sol que entra na minha janela todos os dias. Sou as músicas que fazem a trilha da minha vida, aquelas que 'martelam' na minha cabeça. Sou os sorrisos de todos os momentos alegres e aqueles projetos de riso ao se pensar numa felicidade extasiante. Sou todas as lágrimas que já correram pelo meu rosto e aquelas que ainda virão. Sou, sim, as minhas palavras, às vezes, sinceras demais. Sou os passos de dança, as caras e bocas, a insegurança e a imperfeição que me tornam cada dia mais humana... Eu vivo meus sonhos, sou composta deles, os mais lindos que alguém pode sonhar, e eu sou essa força que é tão necessária pra que eles se realizem. E, finalmente, cada dia mais eu entendo que sou feita do amor de Deus, de todos esses sentimentos que permeiam meu coração: Eu sou o amor, o afeto, o carinho, a angústia, a raiva e a estupidez que fazem parte do meu ser. Por fim, eu sou minha vontade constante de ser melhor. Que a generosidade e a humanidade me invadam completamente!


Larissa

Nenhum comentário: