sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Inverno

Minha mãe adora o natal. E seria maravilhoso levá-la para passar algum dos tantos natais em New York. É um desejo que NÓS temos, que eu cultivo. Tão simples, e eu vivo sonhando com este momento. Quando penso no meu futuro, penso em realizar os desejos das pessoas... de todas elas! Mas principalmente os dos meu pais, porque eu sei o quanto eles fazem pelos meus sonhos, e o quanto se esforçam em entendê-los. E, se querem saber, toda a esperança que eu tenho está na certeza da realização do meu projeto de vida, que inclui momentos simples, os quais entrarão para o quadro dos mais importantes da minha vida. De tudo o que eu já quis, me orgulho de ter entendido agora o que realmente me interessa, o que me importa, e o que eu quero! Espero ansiosa pelo começo do meu futuro. A verdade é que ainda estou tentando traçá-lo, mas, infelizmente, não há certeza alguma para mim. E isso é o que mais põe em risco aquela esperança, que é a fonte maior das minhas forças...
 A minha alma espera somente em Deus porque dEle vem a minha esperança.

Larissa


Recebe o teu poeta, ò bela
Abre teu coração
Abre teu coração,
Ou eu arrombo a janela ♪

Nenhum comentário: