segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Inverno

"Nunca ande pelo caminho traçado, pois ele conduz somente até onde os outros já foram." (Graham Bell)


Não creio que vou inventar algo tão revolucionário como o telefone, mas não quero chegar apenas onde os outros já foram. O mais complicado nisso é que não me vejo fazendo nada para isso acontecer, mas às vezes sinto também que isso está chegando, o começo dessa andança!
Quero ir, quero voar, quero fugir... E a maior angústia nisso tudo é me sentir presa a uma condição como essa, lutando, e lutando, e lutando por esse sonho. Quero, sinceramente, acreditar no tempo...!

Larissa


Traga-me um copo d'água, tenho sede
E essa sede pode me matar
Minha garganta pede um pouco d'água
E os meus olhos pedem teu olhar

A planta pede chuva quando quer brotar
O céu logo escurece quando vai chover
Meu coração só pede teu amor
Se não me deres, posso até morrer  ♪

Nenhum comentário: